sábado, 8 de maio de 2010

O professor

 
O professor
Autor: Valdinei Calvento
 O professor
"Os alunos do sexto grau, numa escola de Montevidéu, tinham organizado um concurso de romances.
Todos participaram.
Éramos três no júri. O professor Oscar, punhos puídos, salário de faquir, uma aluna, representante dos autores, e eu.
Na cerimônia de premiação, foi proibida a entrada dos pais e de qualquer adulto. O júri fez a leitura da ata final, que destacava os méritos de cada trabalho. O concurso foi vencido por todos, e para cada premiado houve uma ovação, uma chuva de serpentina e uma medalhinha doada pelo joalheiro do bairro.
Depois, o professor Oscar me disse:
- Nós nos sentimos tão unidos que me dá vontade de fazer todos eles repetirem de ano.
E uma de suas alunas, que tinha vindo para a capital de um povoado perdido no campo, ficou falando comigo. Contou que, antes, ela não falava nunca, e rindo me explicou que seu problema era que agora não conseguia parar. E me disse que ela gostava do professor, gostava muuuuito, porque ele tinha lhe ensinado a perder o medo de se enganar."
Eduardo Galeano em Bocas do Tempo, lançado em 2010 pela Editora L&PM.

Nenhum comentário:

Postar um comentário