sexta-feira, 20 de novembro de 2009

DISTRITO 9




QUALQUER SEMELHANÇA COM FATOS, PESSOAS OU ACONTECIMENTOS REAIS NÃO É MERA COINCIDÊNCIA...


Quando existe um "auê" muito grande em torno de um produto (cultural, ou não) qualquer, eu logo desconfio, porque acredito firmemente na crença popular de que a unanimidade é burra. Por exemplo, passei incólume por "Tropa de Elite", "Código da Vinci" e botas de plataforma, sem vê-lo, sem lê-lo, nem usá-las, respectivamente, e não tenho o menor arrependimento. Assim, achei que o filme "Distrito 9" seria algo do mesmo naipe, mas me enganei. Logo que soube das particularidades do processo de produção, assisti o trailer e fiquei curiosa. Quando foi lançado, convoquei meu filho e fomos ver a saga dos refugiados alienígenas. Achei uma história impactante, não pelo dinamismo das cenas de ação, mas pela descarada analogia com a realidade, reforçada pela linguagem de documentário. Após uns cinco minutos eu fiquei torcendo pelos ETs, com um ódio terrível de meus semelhantes humanos.

Um comentário: